Blog de Desenvolvimento e Marketing Digital

29 de maio de 2019 3 min de leitura Loja virtual Marketing Presença digital Site Venda online

Porque eu fui banido do Whatsapp? Veja 10 possíveis motivos!

Há várias formas de ter a conta bloqueada, por isso, separamos 10 situações que você não deve fazer.

Sem dúvidas, o WhatsApp é um dos aplicativos mais usados no Brasil. Até mesmo empresas já o adotaram como canal de vendas. Entretanto, essa popularidade toda abriu caminho para spams, falsificações, golpes e outras coisas que comprometem a qualidade do serviço.

Para driblar tudo isso, o WhatsApp pode banir temporária ou definitivamente quem descumpre as normas de comportamento do app. Há várias formas de ter a conta bloqueada, por isso, separamos 10 situações que você não deve fazer.

  1. Transmissão de vírus e spam
    O impedimento dessa ação busca impedir que golpes financeiros e de roubos de dados ocorram. Milhares de pessoas já foram prejudicadas por clicarem em links maliciosos. A plataforma restringe o encaminhamento de mensagens para cinco contatos – antes o limite era de 20 pessoas.
  2. Propagação de fake news
    Quem usa o aplicativo para prejudicar alguma pessoa ou instituição, com a propagação de notícias falsas ou fake news, entra para a lista de contas desativadas. Durante as Eleições 2018 no Brasil, o serviço de mensagens instantâneas baniu centenas de milhares de contas acusadas de reproduzir esse tipo de comportamento.
  3. Ser bloqueado com frequência
    Caso alguém seja bloqueado por uma quantidade considerável de usuários, provavelmente o WhatsApp desativará essa conta. O sistema entende que o alcance e as mensagens enviadas não são convenientes e podem incomodar o uso dos demais participantes da rede social.
  4. Usar versões não-oficiais do WhatsApp
    O uso de plataformas modificadas do WhatsApp é arriscado para o usuário, pois não oferecem nenhum tipo de garantia para a proteção dos dados e a segurança da privacidade. Esse tipo de serviço pode ser usado de má-fé, além de usar o código de desenvolvimento do WhatsApp sem permissão.
  5. Espionar alguém
    Os interessados em tentar hackear os servidores do WhatsApp ou utilizar recursos tecnológicos para espionar as mensagens de alguém correm o risco de terem sua conta excluída a qualquer momento. A atitude fere o direito à privacidade e viola as normas da plataforma, que investem em um método de criptografia de ponta a ponta no intuito de impedir a interceptação de dados na troca de conteúdos pelo chat.
  6. Modificar código do WhatsApp
    Caso algum usuário utilize engenharia reversa, que implica na alteração dos códigos originais do aplicativo e/ou na criação de funções, ele será banido do aplicativo. Como os códigos estão protegidos pelos direitos de propriedade intelectual, essa ação também pode causar um processo judicial com penas de acordo com a legislação em vigor.
  7. Mensagens massivas
    Com os esforços de monitoramento, o WhatsApp é capaz identificar contas que enviam mensagens massivas para a lista de contatos, além de perfis fora desse alcance. Conforme o teor das mensagens e seu alcance, até mesmo empresas podem ser notificadas extrajudicialmente pelo aplicativo de mensagens. A prática considerada “agressiva” é proibida para contas empresariais ou pessoais.
  8. Conteúdo impróprio
    Quando o conteúdo da mensagem enviada para uma pessoa ou para um grupo é considerado ofensivo ou inadequado, quem recebeu a mensagem tem o direito de denunciar. Caso a verificação da denúncia confirme a conduta inapropriada do usuário, o mesmo será banido e vetado de continuar suas atividades no aplicativo de mensagens.
  9. Fingir ser outra pessoa
    Quando alguém pretende ser outra pessoa no WhatsApp, a punição é rigorosa. Além de possíveis consequências judiciais que envolvem falsidade ideológica, esse comportamento não é tolerado no aplicativo de Mark Zuckerberg e a comprovação da atitude justifica o banimento de uma conta.
  10. Mensagens automáticas
    O envio de mensagens de maneira automática não é permitido. Esse tipo de disparo é focado no alcance e pretende atingir muitas pessoas. Com a adoção da criptografia, o sistema do aplicativo não é capaz de captar o conteúdo na íntegra e, por isso, não pode assegurar a veracidade das informações.

E agora?

O seu número está banido do WhatsApp. Contate o Suporte para obter ajuda.” Essa mensagem já te assombrou? Se acalme, pois pode ser possível reverter essa situação. O Whatsapp não avisa antes de banir uma conta. Se você acredita que ocorreu algum engano, o ideal é enviar um e-mail para o suporte e eles irão analisar o caso. Infelizmente, esse é o único recurso possível. Portanto, o ideal é evitar ao máximo dar brechas para ser banido. No próprio site do aplicativo, há uma lista de “boas maneiras”:

  • Sigilo desde o princípio: os usuários devem gerir suas próprias contas em conversas privadas e de pequenos grupos.
  • Se alguém fornecer o número de telefone, as mensagens que você enviar a ela deverão seguir regras básicas de etiqueta. Por exemplo, explique quem é você e como obteve o número de telefone daquela pessoa.
  • Respeite as escolhas das pessoas: se um usuário pedir para que você pare de enviar mensagens, remova-o da sua lista de contatos e evite entrar em contato com ele de novo. Obtenha permissão das pessoas antes de adicioná-las a um grupo. Se você adicionar alguém a um grupo e essa pessoa sair, respeite a decisão dela.
  • Existe uma configuração de enviar mensagens nos grupos em que é possível escolher “Somente administradores”. Assim, você pode criar um grupo e decidir quem envia mensagens. Habilitar esse recurso pode ajudar a reduzir o número de mensagens indesejadas nos grupos.
  • Há uma etiqueta em todas as mensagens encaminhadas para que as pessoas pensem antes de encaminhar uma mensagem, e assim, evitem a propagação de boatos e fake news.

Ainda tem alguma dúvida? Fale com a gente!

Time da Onlinesites
Escrito com por:
Time da Onlinesites
Compartilhar artigo:

Certificações e Parcerias

Marketing Digital e Criação de Sites - Onlinesites - Certificado
Marketing Digital e Criação de Sites - Onlinesites - Certificado
Marketing Digital e Criação de Sites - Onlinesites - Certificado
Marketing Digital e Criação de Sites - Onlinesites - Certificado
Marketing Digital e Criação de Sites - Onlinesites - Certificado

Endereço

Av. Cel. Júlio Ribeiro Gontijo, Nº 321
Bairro Esplanada Divinópolis - MG - Brasil