E-commerce ou marketplace: como fazer vendas online?

Tempo de Leitura: 7 minuto(s)

Se você está considerando empreender no ramo das vendas online, já deve saber que os números são promissores. Apenas para ter uma ideia, uma pesquisa divulgada pela Ebit/Nilsen aponta que, no primeiro semestre de 2019, o comércio eletrônico cresceu 12% — e a perspectiva é de que o cenário continue melhorando, uma vez que cada vez mais pessoas estão começando a consumir pela internet!

Ótimo, então começar um negócio online é uma boa ideia! No entanto, quando vai vender pela internet, você se depara com algumas possibilidades. Então, como saber o que fazer?

Neste post, vamos falar sobre duas alternativas comuns para você que está pensando em como fazer vendas online. Nos próximos tópicos, vamos trazer algumas vantagens e desvantagens de vender seus produtos no seu próprio e-commerce ou em marketplaces.

Além disso, o último tópico será destinado a te ajudar a escolher de forma consciente quais canais valem a pena para suas vendas online. Está pronto para começar?

E-commerce

Ter seu e-commerce significa que você vai ter um site exclusivo para sua loja virtual. Você pode criar suas páginas do zero com um desenvolvedor ou utilizar o serviço de uma plataforma de e-commerce. Mas vamos ao lado bom e ao lado ruim dessa opção!

Vantagens

Ao ter seu próprio site, você vai poder personalizar sua loja virtual do jeito que quiser. Desde o layout até a estrutura e as categorias de produtos, tudo vai ser da forma que você quiser. Você vai ter uma presença de marca, porque terá toda uma identidade no seu site.

Além disso, você terá mais liberdade para escolher os meios de pagamento e de envio dos seus produtos. Isso inclui os preços e taxas que recairão sobre você. No seu site, você terá mais flexibilidade para negociá-los.

Outro ponto positivo é que existem sistemas integrados para que você possa fazer a gestão dos seus pedidos de forma automatizada, o que vai facilitar muito sua organização na hora que seus pedidos começarem a aumentar!

Desvantagens

Apesar de ter total controle sobre seu negócio, o lado ruim de criar seu site é que seu negócio ainda será desconhecido. Isso significa que você vai ter algum trabalho para que as pessoas conheçam seu e-commerce.

O investimento inicial em marketing digital vai precisar ser muito mais efetivo. Você vai precisar focar tanto em estratégias de anúncios quanto em SEO (Search Engine Optimization) — que são algumas práticas que você deve seguir para que seu site fique bem posicionado quando alguém faz uma pesquisa no Google.

Seja qual for o seu investimento, esses resultados podem demorar um pouco para aparecer. Por isso, você vai precisar ter um pouco de paciência.

Marketplaces

Os marketplaces são como grandes shoppings online, em que vários lojistas expõem seus produtos. Não faz ideia do que seja isso? Vamos ver alguns exemplos para você perceber que deve conhecer alguns marketplaces bem famosos!

No Brasil, alguns dos nomes mais fortes são: MercadoLivre, OLX, Submarino e Americanas. Provavelmente, você já ouviu falar sobre alguns deles, não é? Vamos conhecer agora as vantagens e desvantagens dessa modalidade de como fazer vendas online.

Vantagens

Quando você opta por vender em um marketplace, está expondo seu produto em sites que já têm um número bem grande de acessos. Isso aumenta a chance de que seus artigos sejam vistos e, portanto, comprados.

Além disso, se você está começando, pode se sentir mais seguro por ter um sistema mais consolidado para vender. Você terá menos trabalho com divulgação, então pode focar nos seus produtos.

Desvantagens

Quando você vende em um marketplace, precisa ter preços muito competitivos. Isto porque muitos dos seus concorrentes também estarão vendendo nesses ambientes e, com menor possibilidade de diferenciação por outros meios, já que as condições ali serão parecidas para todos, a tendência é que os clientes pensem no bolso na hora de tomar a decisão da compra.

Outro fator importante a se levar em conta é que sua loja será identificada apenas pelo nome na sua página, o que dificulta a fixação da marca pelos clientes. Na maior parte das vezes, os clientes vão se lembrar do nome do marketplace em que fizeram a compra, mas não da marca que lhes vendeu o produto.

Por fim, você precisa ter consciência de que será dependente de um outro modelo de negócios. Você terá que pagar taxas, normalmente altas, por suas vendas. E, por exemplo, se o marketplace aumentar as taxas, ou você arca com elas, ou deixa de vender ali.

Qual escolher?

Agora você já conhece algumas características de como fazer vendas online por um e-commerce ou por marketplaces, é hora de escolher por onde você vai comercializar seus produtos.

Como já vimos, os dois têm pontos positivos e negativos. E, infelizmente, não existe uma fórmula mágica que vá funcionar para todos os empreendedores. Tudo depende do modelo de negócio de cada marca.

Entretanto, o que se costuma recomendar é que você venda pelos dois canais. Apesar de os marketplaces trazerem resultados mais rápidos, quanto menos você depender de uma outra empresa para todas as vendas da sua marca, melhor.

Imagine, por exemplo, que você vende apenas por um marketplace. Quando você começou, essa empresa cobrava uma taxa de 20% sobre suas vendas. Vamos supor agora que, de um dia para o outro, você receba uma notificação de que essa taxa vai aumentar para 50%!

Ok, esse é um exemplo muito extremo. Mas serve apenas para ilustrar que, se você vender apenas por ali, ou vai ter que aceitar o aumento e perder parte (ou tudo) da sua margem de lucro ou desistir de vender pela internet.

Se você também tiver um e-commerce, além de ter um espaço com a cara da sua marca, não ficará refém de apenas uma opção. Existem, inclusive, plataformas de e-commerce que possuem integrações com marketplaces para que você possa fazer a gestão do seu estoque e dos pagamentos.

E aí, está pronto para diversificar as formas como você vende pela internet?

---

Informações da autora

Victoria Salemi é a editora responsável pelas parcerias de conteúdo da Nuvemshop, a maior plataforma de e-commerce da América Latina em lojas ativas. Formada em Jornalismo, ama escrever e tornar assuntos complicados acessíveis a todos! | victoria.salemi@nuvemshop.com.br

 

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM DE:

Sobre Nós

Atualmente, estar presente no meio digital é primordial para a sobrevivência de qualquer negócio. A ONLINESITES está a 15 anos desenvolvendo sites e estratégias de marketing digital para empresas de vários segmentos do mercado. Em nosso portfólio temos mais de 350 clientes ativos no Centro Oeste Mineiro, região metropolitana de Belo Horizonte, São Paulo e Rio de Janeiro.

Marketing Digital e Criação de Sites - Onlinesites.
Av. Cel. Júlio Ribeiro Gontijo, 321 - Esplanada
Tel.: (37) 3221-5817

Marketing Digital e Criação de Sites - Onlinesites

© 2019 - Todos os direitos reservados