Como pensar estrategicamente o frete da sua loja virtual

Tempo de Leitura: 7 minuto(s)

Um e-commerce é uma das melhores opções para você que pretende abrir um negócio ou simplesmente aumentar as suas vendas. No entanto, ao contrário dos estabelecimentos físicos, nesse tipo de comércio é necessário enviar os produtos aos clientes. Sendo assim, algo extremamente importante antes de qualquer coisa é saber como calcular o frete para loja virtual.  

Afinal de contas, o frete é um enorme diferencial competitivo e influencia diretamente a decisão de compra do cliente. Em outras palavras, muitas pessoas deixam de comprar em certas lojas por causa do valor do frete. Por conta disso, ele é um fator que faz toda a diferença na hora da compra e, portanto, deve ser bem planejado.

Dessa forma, é fundamental fazer o plano estratégico de logística de maneira cautelosa, a fim de não ter problemas futuramente capazes de “manchar” a imagem da sua loja virtual.

Durante o planejamento da logística de vendas várias etapas são pensadas, entre elas temos: seleção dos fornecedores, conferência dos materiais, armazenagem, controle de estoque, picking (preparação de pedidos), transportadoras, embalagem, documentação, rastreamento do pedido, gerenciamento de entregas e o pós-venda. 

Ficou interessado pelo assunto e quer aprender como calcular o frete para loja virtual? Então continue acompanhando. 

Como calcular o frete da sua loja virtual?

Em primeiro lugar, tenha em mente que na hora de fazer o cálculo do frete para loja virtual dentro do planejamento logístico, é necessário pensar em dois processos essenciais para que esse valor seja calculado da melhor maneira. A seguir vamos detalhar cada um deles. Confira:

1. Estoque

O estoque é importante dentro de um comércio porque é nessa fase que dá para monitorar se há falta de produtos, além de evitar que ocorra um acúmulo desnecessário de itens. Assim, é possível controlar o espaço de armazenamento e os custos.

Afinal de contas, existem duas situações que podem impactar o lucro do seu e-commerce: você ter muitos produtos que não estão saindo, pela falta de público, ou não ter um produto que todos estão buscando. Portanto, é essencial pensar no seu estoque antes de qualquer coisa. 

Após decidir qual tipo de estoque implementará em sua loja virtual, você deve montar uma política de estoque, que é basicamente separar o que vai ser mantido no armazém e qual será o critério de reposição. 

Em um segundo momento, deve-se implementar uma ferramenta para o controle desse processo. Neste caso é recomendado usar SKU (Stock Keeping Unit), ou seja, é um sistema gratuito que armazena os dados dos itens vendidos em sua loja. 

Além de tudo isso, mantenha seu inventário sempre em dia, pois esse fator ajuda a minimizar suas perdas financeiras e, como já mencionado, evite estoques lotados. Se for necessário, não tenha medo de fazer promoções com queima de estoque, certo? Se a intenção é se desfazer dos produtos parados nada melhor que vendê-los, mesmo que por um preço inferior. 

2. Meios de entrega

Outro tópico importante para a definição do valor do frete para loja virtual são os meios de entrega. No geral, existem quatro modos diferentes de fazer a entrega, e é de suma importância escolher aquele que melhor se adequa ao seu e-commerce. Entenda quais são eles antes de tomar qualquer decisão. 

Correios

O meio mais simples de começar as suas entregas é através dos Correios, pois se trata de uma empresa com abrangência nacional, grande confiabilidade perante a maioria da população e possui preços competitivos

Você ainda pode entrar em contato com eles para negociar pacotes de envio mais em conta, já que se trata de uma loja que estará sempre utilizando o serviço. 

No entanto, a desvantagem dos Correios é o limite de dimensões. Afinal, só é possível enviar produtos de até dois metros de perímetro e 30kg. Isso além de outros fatores que podem ocorrer e, consequentemente, atrapalhar o seu processo de venda, como: greves, roubos de carga, entre outros.

Transportadoras 

Com as transportadoras já é um pouco diferente. Isso porque elas fornecem ao seu negócio mais estabilidade, já que não há greves e muito menos limitações em relação ao peso e ao tamanho dos produtos. Como exemplos de grandes transportado hoje temos a BrasPress, a FedEx, a Jadlog, a LATAM, entre outras.

Todavia, o custo é mais alto. Sendo assim, se sua loja ainda é pequena essa não é uma opção tão rentável dentro do seu plano logístico. 

Transporte próprio 

Uma das opções é o transporte próprio. Porém, vale ressaltar que esse meio de transporte só é recomendado se o seu comércio eletrônico é regionalizado. Nesses casos, um serviço de entrega usando um automóvel ou motoboys pode ser bastante útil.

3. Rastreio

O meio de envio dos produtos através de rastreio acontece dentro da logística terceirizada. Ela é formada basicamente por uma empresa que faz o processo todo de distribuição e ainda dispõe de uma funcionalidade que acalma os clientes, o rastreamento. Esse meio funciona muito bem se a sua empresa cresceu e existem muitos processos de venda que precisam chegar ao cliente com a maior eficiência e qualidade possível.

Infelizmente, não são todas as transportadoras que oferecem gateway de cálculo de frete automático. 

Dica bônus: Criar experiência de compra para cativar o cliente 

Quem nunca ficou feliz em receber um produto em casa bem embalado e com mimos, não é mesmo? 

Bom, essa atenção com o cliente tem um motivo, fidelizá-lo cada vez mais, é claro. Investir em cartões de agradecimento e de desconto e em outros brindes (como bottons, adesivos e até bloquinhos) faz com que os clientes se sintam especiais e voltem a procurar seus serviços, pois enxergam qualidade no processo de atendimento

Para isso, não deixe de investir em embalagens personalizadas com papel de seda, fitas bonitas – podem até ser personalizadas da empresa –, ou até mesmo de enviar um cartão de agradecimento junto com o produto oferecendo um desconto para a próxima compra.

Não tenha medo em criar vínculos com seu comprador, pois é ele que vai gerar um feedback bom para o seu e-commerce.

Portanto, frete para loja virtual para loja virtual não é algo difícil de se calcular. Contudo, é necessário prestar bem a atenção durante os processos de logística para escolher a melhor opção para o seu produto e para seu e-commerce. Não se esqueça de que o valor do frete é um dos grandes diferenciais competitivos, certo?

Caso você ainda tenha dúvidas em relação ao como pensar estrategicamente no frete para sua loja virtual, clique aqui e entre em contato conosco.

 

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM DE:

Sobre Nós

Atualmente, estar presente no meio digital é primordial para a sobrevivência de qualquer negócio. A ONLINESITES está a 15 anos desenvolvendo sites e estratégias de marketing digital para empresas de vários segmentos do mercado. Em nosso portfólio temos mais de 350 clientes ativos no Centro Oeste Mineiro, região metropolitana de Belo Horizonte, São Paulo e Rio de Janeiro.

Marketing Digital e Criação de Sites - Onlinesites.
Av. Cel. Júlio Ribeiro Gontijo, 321 - Esplanada
Tel.: (37) 3221-5817

Marketing Digital e Criação de Sites - Onlinesites

© 2020 - Todos os direitos reservados