56967-erros-no-ecommerce-o-que-nunca-fazer-na-sua-loja-virtual

Erros no e-commerce: o que NUNCA fazer na sua loja virtual

Tempo de Leitura: 5 minuto(s)

Cometer erros no e-commerce, especialmente no início, é mais comum do que se imagina. O despreparo se deve, em parte, ao fato de muita gente ainda não entender que uma loja virtual é um negócio como qualquer outro, exigindo planejamento e investimentos.

Se você está pensando em levar sua empresa para o mundo virtual, acompanhe estas dicas do que NUNCA fazer na sua loja virtual e aprenda a resolver estes erros no e-commerce.

1. Usar imagens de baixa qualidade
 

O primeiro grande erro que muitas lojas cometem é não se atentar à qualidade das imagens do site, principalmente dos produtos.
Atente-se ao fato de que, na loja virtual, as pessoas não estão tendo contato físico com os produtos, como ocorre nas lojas físicas.

Preste atenção nestes quesitos:

  • As imagens devem ter boa resolução, de forma a perceber os detalhes dos objetos.
  • As fotografias devem ser tiradas dos produtos reais. Jamais engane seu cliente com imagens falsas ou de outros produtos.
  • O objeto a ser fotografado precisar estar bem enquadrado, com boa iluminação, fundo claro, e sem interferências de sujeiras ou outros objetos.

2. Querer abraçar o mundo
 

A não ser que sua empresa seja uma megacorporação ou uma grande loja de departamentos, não cometa o equívoco de achar que vai vender mais tendo produtos voltados a diferentes públicos.

Ter um público altamente segmentado significa ter uma clientela qualificada. Em outras palavras: são consumidores que se tornam clientes fiéis e de longo prazo, pois enxergam você como uma autoridade no ramo de especialidade do seu negócio.

Caso você ainda não tenha uma segmentação bem definida, invista numa pesquisa de nicho qualificado.

3. Ignorar investimento em design
 

A aparência do seu site é a primeira impressão que seu potencial cliente terá logo que chegar nele. Porém, não é apenas um layout bonito e agradável que vai manter o interesse dele pela loja.
Atente-se para que ela tenha:

  • Equilíbrio: a boa composição de cores, imagens, fontes e diagramação deve manter um equilíbrio e ser direcionada à sua marca. Portanto, a primeira coisa a pensar no design do seu e-commerce é uma composição que seja agradável aos olhos do cliente.
     
  • Responsividade: não é mais novidade que o mundo está dominado pelos smartphones. E seu uso não se resume às mídias sociais e aplicativos de comunicação. Cada vez mais as pessoas usam seus celulares para transações bancárias e compras online. Portanto, ter um design responsivo há tempos deixou de ser “coisa do futuro”.
     
  • Usabilidade: o design responde por boa parte da usabilidade de um site. E nada é mais fácil de fazer um cliente se irritar e abandonar a loja do que a dificuldade de navegação pelo portal. Para uma boa usabilidade, as páginas devem ser dinâmicas, as compras devem ser realizadas em poucos cliques e os principais botões devem estar bem visíveis.

4. Esquecer que as pessoas precisam encontrar sua loja
 

Já parou para pensar que uma loja virtual não possui uma fachada de frente para a rua, onde as pessoas passam na frente e tomam conhecimento de sua existência? Pois é. No mundo virtual há outras formas de ser encontrado.

A principal delas é de maneira orgânica, por meio de uma busca no Google ou em outros sites de busca. Mas para ser encontrado no meio de milhões de outras lojas, é preciso investir numa estratégia de SEO bem consolidada, e isto vai além de simplesmente escolher as melhores palavras-chave.

Também envolve a maneira como seu site é construído, como as imagens são nomeadas e quais dados são analisados pelos motores de busca para serem conduzidos a pesquisas rapidamente.


5. Não se certificar da segurança do seu e-commerce
 

É bastante comum uma pessoa desistir de uma compra no meio do caminho por preocupação com a segurança de seus dados.
Muitos e-commerces, especialmente os menores, pecam neste quesito, enquanto deveriam investir na segurança de forma prioritária. Existem certificados digitais de segurança, como o SSL, que fornecem autenticidade ao seu site e uma conexão encriptada para proteger os dados dos seus clientes.

Agora é sua vez! Invista num bom planejamento de marketing digital para evitar cometer esses e outros erros no e-commerce. Se ainda resta dúvida ou tem outras sugestões, deixe seu comentário abaixo.

 

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM DE:

Sobre Nós

Atualmente, estar presente no meio digital é primordial para a sobrevivência de qualquer negócio. A ONLINESITES está a 15 anos desenvolvendo sites e estratégias de marketing digital para empresas de vários segmentos do mercado. Em nosso portfólio temos mais de 350 clientes ativos no Centro Oeste Mineiro, região metropolitana de Belo Horizonte, São Paulo e Rio de Janeiro.

Marketing Digital e Criação de Sites - Onlinesites.
Av. Cel. Júlio Ribeiro Gontijo, 321 - Esplanada
Tel.: (37) 3221-5817

Marketing Digital e Criação de Sites - Onlinesites

© 2018 - Todos os direitos reservados